Previna-se: quedas são um dos maiores problemas da terceira idade! 

agosto / 2019 Destaque

As quedas na terceira idade muitas vezes podem parecer algo comum, quando, na verdade, devemos levá-las muito a sério!

Além de estar no ranking entre os problemas mais sérios que atingem a terceira idade (RUBSTEIN, 2006), entre 4.174 idosos 25% já tiveram uma queda, mostrou um estudo da saúde dos idosos brasileiros (ELSI-Brasil). Além disso, um dos responsáveis pelo Estudo constatou que cerca de 30% dos idosos caem a cada ano em área urbana. 

As quedas também dependem do histórico do idoso:  

– Idosos que já caíram apresentam risco de 60% e 70% de cair novamente;
– Os idosos mais saudáveis caem menos, cerca de 15% em um ano;
– O risco de queda aumenta até 50% em idosos sedentários;
– Entre 20% e 30% dos caidores (idosos com mais de duas quedas por ano) que sofreram alguma lesão apresentaram redução da mobilidade, menor independência e aumento do risco de morte prematura.

Consequências das quedas 

As quedas podem dar início a um declínio de determinada função, aumentar a chance de desenvolvimento de doenças e até mortalidade. Entre as principais estão:

Físico 

– Escoriações e lesões;
– Fraturas na região do quadril e nos membros superiores (ombro e punho);
– Incapacidade funcional;
– Restrição de atividades físicas;
– Declínio na saúde (como: acúmulo de secreções nos pulmões, pneumonia, distúrbios gastrointestinais, infecção do trato urinário, diminuição do fluxo sanguíneo, osteoporose, AVC). 

Psicológico 

–  Isolamento social;
–  Síndrome Pós Queda;
–  Insegurança;
–  Depressão.

Quais são os fatores que influenciam na incidência das quedas? 

Um dos fatores determinantes para as quedas na terceira idade é a perda de massa muscular e, consequentemente, a perda de força. Quando acompanhadas de perda de massa óssea (osteoporose), o risco de quedas e fraturas é ainda maior. Além disso, outros fatores também influenciam nas quedas: 

– Consumo incorreto de medicamentos;
– Problemas de visão;
– Dores crônicas (fibromialgia, lombalgia, osteoartrite etc.);
– Doenças que afetam o sistema motor, como Parkinson;
– Consumo de bebidas alcoólicas;
– Chão escorregadio.

Que tal começar HOJE a prevenção contra quedas? 

Você deve estar se perguntando: como prevenir as quedas? Sem dúvidas, é preciso começar esse trabalho antes da terceira idade (e, claro, continuar durante). Veja alguns cuidados que deve tomar: 

Exercício físico sempre! 

Um dos melhores remédios são os exercícios físicos regulares, como exercício de fortalecimento muscular e propriocepção, que desaceleram o processo de perda de massa muscular e de osteoporose, podendo trazer até um ganho significativo de força. Além disso, cada faixa etária tem uma quantidade mínima recomendada de exercícios diários.

No Studio Mormaii, por exemplo, você se exercita com o acompanhamento de professores altamente capacitados e atentos ao seu movimento, que adaptam a aula conforme seus objetivos e necessidades, incluindo treinos que aliviam as tensões musculares e tratam aquelas dores provocadas pela falta de exercícios corretos.

Cuidado com o cardápio

Alguns alimentos podem ajudar e muito uma terceira idade mais saudável e longe de das quedas. Conheça alguns alimentos que restauram e conservam a massa muscular:

– Feijão;
– Frango;
– Grão-de-Bico.

Experimente o Método Mormaii

Nossa metodologia de treino previne doenças e aumenta a longevidade, aliviando dores e garantindo mobilidade, equilíbrio e um corpo sadio em todos os momentos! 

Mantenha sua vida ativa e reconquiste o controle sobre seu corpo em um de nossos Studios Mormaii. 

VEJA TAMBÉM

Câncer de Mama: Exercícios físicos na Prevenção e Tratamento

outubro / 2019 Exercícios Físicos

Ler mais

Saiba como superar a insegurança na hora de se exercitar  

setembro / 2019 Exercícios Físicos

Ler mais

Como os exercícios físicos pode beneficiar a saúde mental? 

setembro / 2019 Exercícios Físicos

Ler mais